A meta do Yoga


O Yoga moderno difundido aos ocidentais traz uma visão de que a prática de yoga são exercícios para manter o corpo saudável, combinando a isso uma dose de relaxamento e respiração controlada.


Pode soar estranho, mas as posturas realizadas durante uma prática de Yoga são apenas o caminho para a meditação, parte do ato de meditar.


No livro “O caminho 3T”, o autor Giridhari Das menciona que o texto fundamental do hatha yoga, o Hatha Yoga Pradipika, cuja existência se deu em meados do século XIV, faz uso de apenas 11 ásanas (técnicas de posturas corporais), algumas técnicas respiratórias e outras práticas físicas, como limpeza intestinal, com a finalidade de atingir a iluminação, e não o mero bem estar físico. Em comparação, o autor menciona Patanjali, que foi um sábio que compilou ensinamentos sobre o funcionamento do cérebro, há mais de dois mil anos atrás. Em sua obra, Yoga Sutra de Patanjali, Patanjali destacou que “o foco é inteiramente no aspecto espiritual interno do yoga, tal como a estrutura mental do yoga, a atenção para o controle e observação da mente, o estudo de como a mente funciona, meditação e a meta final, que é a libertação.” Destaca-se que não há menção sobre ásanas (posturas corporais).


Então você já deve ter notado qual é a meta do Yoga: a libertação através da expansão da consciência. Mas você pode estar se perguntando: libertação de quê, exatamente? Libertação da dor e do sofrimento causado por Maya – a ilusão.


Perceba também que para alcançar a libertação é necessário meditar, para meditar é preciso eliminar as instabilidades da consciência, para eliminá-las é necessário ter disposição para manter-se numa posição firme e estável, e para manter-se firme e estável é necessário que o corpo seja saudável.


É um ciclo em que todos os aspectos estão interligados. Mesmo assim, a prática de cada um deles, ainda que isoladamente, favorece o desenvolvimento do outro.

Depois de tudo que você leu aqui, você pode estar pensando que não quer fazer Yoga para se libertar dessa ilusão, muito menos para expandir a consciência. Tudo bem. Independentemente de qual for o motivo que te levou ou vai te levar a praticar Yoga, com o Yoga também aprendemos que não devemos julgar.


Se sua meta no Yoga é buscar um corpo mais saudável, uma mente mais equilibrada, maior concentração, mais relaxamento, ou qualquer outro motivo que se relaciona com a prática de Yoga, apenas pratique sem julgamentos, o resultado virá. Seja feliz!


Namastê!


#yoga #metadoyoga #yogamogidascruzes #yogaparatodos

  • Preto Ícone YouTube

©2018 feito com carinho por NAMASTÊ Yoga e Bem Estar (última atualização 08/2020)

Contato: (11) 98064-3933

Healing - CNPJ 35.282.926/0001-00

namasteyogaebemestar@gmail.com